Sonda da NASA flagra um objeto entrando na atmosfera do planeta Júpiter

0

Algumas vezes as descobertas científicas podem nos surpreender e muitas delas permanecem um mistério por não possuirmos conhecimento o bastante para decifrar completamente tal descoberta. E sempre uma das descobertas mais intrigantes são corpos no espaço, objetos não identificados também chamados de OVNI (Objetos voadores não identificados).

Foi o que aconteceu com a sonda Juno da NASA que sobrevoava júpiter quando detectou um brilho forte à altitude de 225km que pode ter sido causado por um meteoro explodindo na atmosfera joviana, porém o estranho fenômeno intrigou alguns pesquisadores que resolveram buscar mais sobre esse caso, o que era aquele brilho? Seria mesmo um OVNI? ou apenas um cometa? Veremos

Sabendo mais sobre o brilho misterioso

A sonda sobrevoou o planeta desde 2016 buscando por auroras, durante o momento em que juno seguiu sua órbita elíptica em volta de júpiter, com uma série de cuidados especiais colocando o UVS em prática, quando eles analisaram as imagens obtidas do sensor, notaram que o pico de brilho aconteceu em uma área um tanto quanto estranha.

Após confirmarem que não foram auroras pois o brilho ocorreu em uma área que ficava fora de onde elas costumam aparecer, pensaram que poderia ter sido um TLE ( Evento luminoso transiente ) onde ocorrem breves e poderosas emissões de luz na atmosfera superior do planeta, semelhante as auroras…

a1520cbf fffa 44bd 89ba 61bfbc23b6bb

Mas o evento foi luminoso demais, concluindo ter sido de fato a explosão de um meteoro de aproximadamente 4 metros que pesava entre 250 kg e 5 toneladas o que não é raro, pois o planeta é o segundo maior do nosso sistema solar, atraindo vários corpos para si.

O autor que liderou os estudos, Rohini Giles explica: “os impactos de asteroides e cometas podem ter efeitos significativos na química da estratosfera de Júpiter, […] definir a taxa de impacto é uma parte importante para o entendimento da composição do planeta”

Entenda o caso

Por fim, siga nosso site e experimente dar uma olhada no que possamos te oferecer, talvez tenha alguma coisa por aqui que possa chamar sua atenção, trazendo sempre todas as informações com clareza, foco e praticidade, lembre-se de ficar de olho nas novidades e até a próxima!

Sonda da NASA flagra um objeto aparentemente entrando na atmosfera do planeta Júpiter

Algumas vezes as descobertas científicas podem nos surpreender e muitas delas permanecem um mistério por não possuirmos conhecimento o bastante para decifrar completamente tal descoberta. E sempre uma das descobertas mais intrigantes são corpos no espaço, objetos não identificados também chamados de OVNI (Objetos voadores não identificados).

Foi o que aconteceu com a sonda Juno da NASA que sobrevoava júpiter quando detectou um brilho forte à altitude de 225km que pode ter sido causado por um meteoro explodindo na atmosfera joviana, porém o estranho fenômeno intrigou alguns pesquisadores que resolveram buscar mais sobre esse caso, o que era aquele brilho? Seria mesmo um OVNI? ou apenas um cometa? Veremos

Sabendo mais sobre o brilho misterioso

A sonda sobrevoou o planeta desde 2016 buscando por auroras, durante o momento em que juno seguiu sua órbita elíptica em volta de júpiter, com uma série de cuidados especiais colocando o UVS em prática, quando eles analisaram as imagens obtidas do sensor, notaram que o pico de brilho aconteceu em uma área um tanto quanto estranha.

Após confirmarem que não foram auroras pois o brilho ocorreu em uma área que ficava fora de onde elas costumam aparecer, pensaram que poderia ter sido um TLE ( Evento luminoso transiente ) onde ocorrem breves e poderosas emissões de luz na atmosfera superior do planeta, semelhante as auroras…

Mas o evento foi luminoso demais, concluindo ter sido de fato a explosão de um meteoro de aproximadamente 4 metros que pesava entre 250 kg e 5 toneladas o que não é raro, pois o planeta é o segundo maior do nosso sistema solar, atraindo vários corpos para si.

O autor que liderou os estudos, Rohini Giles explica: “os impactos de asteroides e cometas podem ter efeitos significativos na química da estratosfera de Júpiter, […] definir a taxa de impacto é uma parte importante para o entendimento da composição do planeta”

Algumas informações importantes

Por fim, siga nosso site e experimente dar uma olhada no que possamos te oferecer, talvez tenha alguma coisa por aqui que possa chamar sua atenção, trazendo sempre todas as informações com clareza, foco e praticidade, lembre-se de ficar de olho nas novidades e até a próxima!

Deixe um comentário

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More