Marvel Comics: 10 usuários de magia mais poderosos (que não são o doutor estranho)

0

Muitas vezes difícil definir a natureza da magia como um conjunto de poderes levou a um Universo Marvel povoado por detentores de inúmeras formas de misticismo.

A magia tem sido usada há muito tempo como uma explicação canônica para a origem dos superpoderes no Universo Marvel, que remonta a antes do período de boom dos super-heróis modernos. Graças em grande parte ao seu retrato favorito dos fãs por Benedict Cumberbatch no MCU, Doctor Strange se tornou o usuário de magia mais reconhecível da Marvel.

Mas o Sorcerer Supreme está longe de ser o único personagem magicamente inclinado da Marvel, e a frequentemente difícil definir a natureza da magia como um conjunto de poderes levou a um Universo povoado por detentores de numerosas e drasticamente diferentes formas de misticismo. 

10 – Xamã

Shaman é um membro fundador da equipe canadense de super-heróis Alpha Flight e um médico talentoso. Depois de não conseguir evitar que sua esposa morresse, Michael Twoyoungmen se afastou da medicina ocidental e abraçou os ensinamentos de seu falecido avô, um membro do povo Tsuut’tina das Primeiras Nações.

10 - Xamã

Seu domínio subsequente de várias habilidades mágicas o colocou na lista de candidatos do governo canadense ao construir sua equipe de super-heróis. O xamã utiliza principalmente esses poderes na forma de sua bolsa de remédios, essencialmente uma “bolsa de contenção infinita” da qual ele é capaz de invocar qualquer objeto que desejar.

9 – Wiccano

Como filho reencarnado de um dos Vingadores mais poderosos, a Feiticeira Escarlate, Wiccano nasceu com uma afinidade natural com a mesma magia do caos exercida por sua “mãe”. Membro frequente dos Jovens Vingadores ao lado de seu marido Hulkling, os pós místicos do Wiccano continuaram a crescer, mas sua relativa inexperiência limitou seu uso.

9 - Wiccano

Wiccan é proficiente em lançar campos de força, teletransporte e raios de energia com concentração mínima. Feitiços mais complicados permitem que ele manipule a realidade, mas requerem foco e concentração no resultado desejado, exigindo que o Wiccano repetidamente entoe seus resultados pretendidos, e muitas vezes interrompido quando ele é incapaz de ouvir a si mesmo falar. Apesar dessas limitações, ele já foi um candidato ao título vago de Feiticeiro Supremo e alguns notáveis ​​viajantes do tempo e precognitivos o descreveram como tendo o potencial de se tornar um dos magos mais poderosos vivos.

8 – Amanda Sefton

Irmã adotiva e ex-amante do Noturno dos X-Men, Amanda Sefton, também conhecida como Daytripper, é uma feiticeira que segue o “Caminho do Caminho Sinuoso”. Um aliado frequente dos X-Men, assim como um membro da equipe de super-heróis europeus Excalibur, Sefton também foi uma vez a Feiticeira Suprema do Limbo, uma das muitas dimensões do Inferno da Marvel.

8 - Amanda Sefton

Suas habilidades místicas incluem, mas não estão limitadas a teletransporte, mudança de forma e lançamento de ilusão. O Caminho Sinuoso, entretanto, não é apenas uma disciplina mística, mas uma “jornada que se deve viajar”, e sua habilidade de manipular suas energias aumenta e diminui com o tempo, em conjunto com seus pontos altos e baixos ao longo deste caminho.

7 – Doutor Druida

Criado pela lendária equipe de Stan Lee e Jack Kirby, o Doutor Druida apareceu pela primeira vez em 1961, dois anos antes de seu colega feiticeiro, o mais famoso Doutor Estranho. Após o sucesso de seu contemporâneo, Druida caiu na obscuridade por anos, exceto por um punhado de aparições monótonas que sem dúvida causaram mais danos à sua reputação do que benefícios.

7 - Doutor Druida

Embora Druid tenha alcançado a condição de membro dos Vingadores anos antes de Strange, ele sempre foi descrito como significativamente menos poderoso do que o último e sua permanência na equipe não é notável. Não foi até sua própria minissérie autodenominada Druida, em 1995, que ele finalmente exibiu todo o seu potencial como feiticeiro, ao mesmo tempo caindo em desgraça em um dos maiores quadrinhos de terror de todos os tempos da Marvel.

6 – Barão Mordo

Karl Mordo era um aluno do Ancião antes da chegada do Doutor Estranho, mas secretamente procurou eliminar seu mentor para reivindicar o título de Feiticeiro Supremo. Quando Strange chegou e frustrou seu plano, Mordo foi exilado, resultando na ascensão de Strange ao Sorcerer Supremo, enquanto os dois se tornavam rivais.

6 - Barão Mordo

Enquanto sua tutela incluía múltiplas formas de misticismo, Mordo provou ser especialmente proficiente em magia negra, frequentemente utilizando feitiços obscuros e corruptos que o próprio Strange é incapaz ou não deseja realizar. Um dos inimigos mais poderosos do Feiticeiro Supremo, ele foi retratado por Chiwetel Ejiofor no Doutor Estranho do MCU e está confirmado que estará retornando em sua sequência, Doutor Estranho no Multiverso da Loucura.

5 – Agatha Harkness

Enquanto o retrato favorito dos fãs de Kathryn Hahn do vizinho místico da Feiticeira Escarlate na série Disney + WandaVision fez dela a personagem do show, sua representação em quadrinhos de Agatha Harkness é muito diferente. Parecendo mais velha e menos antagônica, a história em quadrinhos Agatha foi apresentada como babá de um jovem Franklin Richards, filho da Mulher Invisível do Quarteto Fantástico e do Sr. Fantástico.

5 - Agatha Harkness

Ambas as versões, no entanto, são apresentadas como bruxas poderosas, exercendo um vasto controle sobre múltiplas formas de magia. Embora descaradamente versada em muitas das artes místicas mais sinistras, Agatha geralmente foi apresentada como uma aliada para times heróicos como o Quarteto Fantástico e os Vingadores. Semelhante a sua contraparte na tela, Agatha da Marvel Comics é responsável por liberar todo o potencial de Wanda Maximoff como feiticeira.

4 – Irmão Voodoo

Jericho Drumm, nascido no Haiti, passou grande parte de sua vida adulta estudando nos Estados Unidos, onde acabou se tornando um psicólogo credenciado. Enquanto isso, seu irmão gêmeo Daniel permaneceu no Haiti, onde se tornou o houngan de sua aldeia, um sacerdote do Vodu haitiano. Com seu último desejo, Daniel convocou Jericho para casa para sucedê-lo como houngan. Depois de estudar com o mentor de Daniel, Papa Jambo, Jericho provou ser ainda mais proficiente nessa função do que seu irmão. Guiado pelos deuses espirituais do vodu chamados Loa, ele rapidamente dominou as magias associadas.

4 - Irmão Voodoo

As habilidades de Drumm incluem projeção astral, resistência à dor e controle sobre chamas e “formas de vida inferiores”, como animais e plantas. Entre os Loa que o guiam está o espírito de seu falecido irmão, com quem Jericó pode se fundir para aumentar sua força ou se projetar em outros para controlar suas ações. Embora tenha sido usado esporadicamente por anos após suas primeiras aparições em quadrinhos nos anos 1970, o irmão Voodoo foi devolvido à proeminência pelo escritor Brian Michael Bendis em 2009, quando foi selecionado entre cerca de 30 candidatos em potencial para substituir o Doutor Strange como o Feiticeiro Supremo.

3 – Magik

Quando criança, Illyana Rasputin tragicamente se perdeu na dimensão infernal do Limbo. Devido ao tempo fluir de forma diferente no Limbo, anos se passaram para Illyana antes que ela retornasse à Terra, reaparecendo apenas alguns momentos após seu desaparecimento. Durante seu tempo no exílio, Illyana foi “criada” pelo demônio Belasco, que a treinou no uso de feitiçaria demoníaca. Essas magias negras são mais comumente representadas pelo uso de sua “Espada da Alma”, uma arma manifestada de uma parte de sua própria alma mortal que, embora extremamente poderosa, também permite que energias negras preencham o vazio resultante.

3 - Magik

Após seu retorno do Limbo, Illyana se juntou à equipe júnior dos X-Men, os Novos Mutantes, assumindo o codinome Magik antes de ser promovida à equipe primária dos X-Men. Recentemente, ela se tornou a aprendiz do Doutor Strange, que ajudou Illyana a reconciliar sua mortalidade com as energias sombrias que ela exerce.

2 – Feiticeira Escarlate

Em suas primeiras aparições, os poderes de Wanda Maximoff consistiam em uma vaga habilidade de “alterar a probabilidade”, essencialmente lançando azar sobre seus oponentes. Apesar de seu nome, os poderes da Feiticeira Escarlate não eram baseados em bruxaria, mas em um baixo nível de manipulação da realidade.

2 - Feiticeira Escarlate

Depois de estudar magia sob a tutela de Agatha Harkness, Wanda se tornou uma bruxa poderosa em um sentido autêntico e aprendeu como controlar melhor seus poderes de hexágonos inerentes. À medida que suas habilidades cresciam com o tempo, Wanda ganhou controle suficiente sobre seus talentos naturais e aprendidos para combinar os dois, permitindo-lhe manipular a estrutura da realidade em grande escala, resultando em uma ocasião na criação da “Casa de M , “um dos mundos multiversais mais importantes da Marvel Comics.

1 – Doctor Doom

Indiscutivelmente o maior vilão de todos os tempos da Marvel Comics, Doctor Doom possui um intelecto de gênio, que ele usou para dominar as disciplinas científicas e ocultas. Ensinado principalmente por monges tibetanos, ele aumentou ainda mais suas habilidades mágicas estudando com a antiga feiticeira da lenda arturiana, Morgan Le Fay.

1 - Doctor Doom

Um dos poucos personagens da Marvel a combinar com sucesso o arcano com a tecnologia, Doom se manteve firme contra os usuários de magia mais poderosos da Marvel e derrotou muitos deles. Quando Stephen Strange uma vez abandonou seu papel como Feiticeiro Supremo, ele prontamente admitiu que Destino tinha as habilidades místicas necessárias para tomar seu lugar, se não por sua arrogância incontrolada.

Cultura pop em primeiro lugar!

Se você adora cultura pop não pode perder nossas super listas, fique atento ao Real Nerd e encontre as mais divertidas matérias sobre animes, games e tudo que envolve este mundo de conteúdo.

Deixe um comentário

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. AcceptRead More