Harry Potter: 10 exemplos de prenúncio no primeiro livro (que não apareceu nos filmes)

0

Muita coisa ficou de fora da versão cinematográfica de A Pedra Filosofal – incluindo esses momentos de prenúncio.

Não é nenhum segredo que quando JK Rowling estava trabalhando na série Harry Potter, ela planejou as coisas com muito cuidado, preparando o terreno para revelações futuras desde as primeiras páginas de Harry Potter e a Pedra Filosofal. Ao longo do primeiro livro, há camadas de significado – como na aula de poções de Snape, quando ele pergunta a Harry sobre ingredientes específicos – e momentos de prenúncio.

No entanto, quando o livro foi adaptado para o cinema, uma boa parte foi cortada. Na maior parte, isso não era nada importante – cenas de preenchimento e exposição extra. No entanto, alguns exemplos de prenúncio e construção cuidadosamente planejados também foram cortados.

10 – Amor de Dumbledore por gotas de limão

Nas cenas iniciais, quando Dumbledore e McGonagall estão esperando que Hagrid vá ao Dr. Alfeneiro com o bebê Harry, Dumbledore oferece a ela uma gota de limão. Claro, isso prenuncia as senhas de seu escritório, que são todos nomes de doces trouxas, e que se tornam significativamente mais importantes mais tarde.

10 - Amor de Dumbledore por gotas de limão

No entanto, esta é uma omissão muito pequena. Não é muito importante que Dumbledore expressou anteriormente um gosto pelos doces, e é fácil ver porque foi cortado. Dado que isso está longe de ser a única coisa que seria cortada das cenas de abertura, realmente não tem impacto no filme como um todo.

9 – Relógio de Dumbledore

Na mesma cena em que Dumbledore expressa seu amor por doces trouxas, ele também é descrito como verificando seu relógio, que “tinha doze ponteiros, mas nenhum número, com pequenos planetas se movendo ao redor”. Este é mais tarde revelado ser, presumivelmente, um relógio dado a Dumbledore quando ele atingiu a maioridade – como Molly dá um a Harry, e explica que um relógio de ouro de presente é uma tradição bruxa.

9 - Relógio de Dumbledore

Como seu amor por Lemon Drops, porém, este é um pequeno detalhe que facilmente ficaria de fora do filme sem grandes repercussões – especialmente porque o primeiro filme foi feito em 2001, e a cena em que essa tradição foi explicada não foi até as Relíquias da Morte – que foi lançado como um livro em 2007! Não havia como saber que isso era algo além de um detalhe casual para tornar as coisas mais mágicas.

8 – Marge odeia Harry e Sra. Figg

É mencionado no livro que Marge, a tia de Harry, “odeia” Harry, e que a Sra. Figg costuma cuidar dele. Isso ocorre porque Harry não deveria ir ao zoológico originalmente, e os Dursley estão tentando pensar em outra pessoa para cuidar dele. Claro, os dois personagens se tornam importantes mais tarde – Marge é tão rude que Harry a explode e foge, e a Sra. Figg é revelada como um membro da Ordem da Fênix!

8 - Marge odeia Harry e Sra. Figg

No entanto, toda a troca é deixada de fora do filme – Harry sempre foi planejado para ir ao zoológico, e nem Marge nem a Sra. Figg são mencionadas neste momento. Mais uma vez, porém, esta é uma pequena omissão. Ambos ainda desempenham seus papéis principais mais tarde, e embora um pouco de profundidade seja perdida aqui, não é o suficiente para realmente impactar a história.

7 – Descrições das varinhas de Lily e James

A cena em que Harry pega sua varinha em Olivaras passa por algumas mudanças também. Um dos principais é que Olivaras dos livros conta a Harry sobre as varinhas de seus pais. A de Lily, ele diz, era “uma ótima varinha para enfeitiçar”, e a de James como excelente para Transfiguração “. Mais tarde, Slughorn fala longamente sobre o trabalho de enfeite de Lily e o peixinho dourado encantado que ela criou para ele, e James é posteriormente revelado a dominaram a transfiguração mais impressionante de todas e se tornaram um animago quando adolescente.

7 - Descrições das varinhas de Lily e James

Claramente, Rowling estava configurando essa habilidade particular desde o início, e tê-la repetida por vários personagens solidifica o caráter de Lily e adiciona à revelação de que James era um animago. No entanto, é fácil ver porque isso pode ser cortado, já que não é totalmente relevante e diminui a experiência de Harry na escolha da varinha mágica.

6 – Os Centauros

Harry conhece um centauro pela primeira vez em ambas as versões da história, mas no livro, vários aparecem. Enquanto o filme Harry é protegido por Firenze, o livro Harry também encontra o ‘vilão’ Bane e Ronan, que discutem com Firenze sobre ajudá-lo. Firenze ainda diz “Eu me coloco contra o que está à espreita nesta floresta, Bane, sim, com humanos ao meu lado se for preciso”. Isso pressagia quando Firenze é eventualmente exilado do rebanho por ajudar humanos, e vem para ensinar em Hogwarts.

6 - Os Centauros

Porém, no filme, nada disso acontece – e como Firenze não ensina em Hogwarts, essa linha configurando seu exílio não é necessária. A história teria acrescentado profundidade ao enredo com Umbridge e os Centauros, mas no final, foi presumivelmente reduzido por necessidade para manter os filmes em uma duração razoável.

5 – Pulso Quebrado de Neville

Tanto no livro quanto no filme, Neville cai da vassoura na aula e quebra o pulso – levando Madame Hooch a ir embora com ele, Harry a voar atrás do Remembrall e ser escolhido para o time de Quadribol. No filme, essa é a última notícia sobre a lesão de Neville, mas no livro, Harry o encontra mais tarde, e é informado que a enfermeira consertou “em cerca de um minuto”. Isso entra em ação mais tarde, quando Harry se machuca, e acaba tendo que crescer ossos novamente, porque o Professor Lockhart tentou consertar!

5 - Pulso Quebrado de Neville

Esta não é uma grande mudança, mas é interessante perceber que Harry, e todos os outros em sua classe, sabiam sem dúvida o quão fácil era para Madame Pomfrey consertar ossos. Isso, então, aumenta a desconfiança e a antipatia de Lockhart, pois eles saberiam o quanto ele bagunçou o feitiço.

4 – Qual é a idade de Perebas

Tanto no livro quanto no filme, Ron apresenta Harry a Perebas e faz um comentário sobre como ele não está impressionado com seu animal de estimação. No entanto, no livro, ele está falando sobre conseguir peças de segunda mão e diz explicitamente que Scabbers é um rato ‘velho’ que foi dado a ele por seu irmão mais velho.

4 - Qual é a idade de Perebas

Claro, este é um grande ponto da trama mais tarde, pois é revelado que Scabbers é Peter Pettigrew em sua forma de Animagus! No filme, não há indícios de que Perebas seja outra coisa senão um rato normal, o que na verdade diminui o impacto do momento em que a verdade vem à tona.

3 – Cartão Flamel no sapo de chocolate

Nos livros, Harry ouve o nome de Nicholas Flamel pela primeira vez quando está lendo o verso de seu primeiro cartão de sapo de chocolate. A carta de Dumbledore inclui as notas de que ele é conhecido por seu trabalho com o uso do sangue de dragão e “seu trabalho na alquimia com seu parceiro, Nicholas Flamel”. Mais tarde, Harry sabe que ouviu o nome em algum lugar, mas não consegue identificá-lo – até que come outro Sapo de Chocolate e se lembra. No filme, Hermione encontra a mesma informação em um livro.

3 - Cartão Flamel no sapo de chocolate

Esta é uma mudança muito maior, e que realmente coloca ênfase em Hermione e em sua habilidade de entender as coisas. Esta é uma mudança compreensível, em muitos aspectos – faz de Hermione a heroína e garante que nenhum fã se pergunte por que Harry não se lembraria disso em primeiro lugar.

2 – A motocicleta pertencente a Sirius

Na cena de abertura, Hagrid voa em uma motocicleta gigante, carregando Harry. No livro, Hagrid explica que pegou a bicicleta emprestada de Sirius Black e, quando ele sai, diz que deveria devolvê-la. Isso, é claro, prenuncia o papel de Black – e a grande revelação em O Prisioneiro de Azkaban de que Sirius era na verdade um amigo dos Potter!

2 - A motocicleta pertencente a Sirius

Isso pode ter sido deixado de fora especificamente para aumentar o choque daquela revelação – e, é claro, porque inicialmente não importa como Hagrid conseguiu a moto.

1 – Dragões em Gringotes (e Hagrid quer um)

 Um dos principais pontos da trama da primeira parcela da série é que Hagrid colocou Fluffy, seu cachorro de três cabeças, para guardar a Pedra … e que ele acidentalmente diz a alguém como passar por Fluffy ao convencer o estranho a dar ele um ovo de dragão. Ele sempre quis um dragão, e Harry eventualmente descobre que o que ele conseguiu foi uma armação.

1 - Dragões em Gringotes (e Hagrid quer um)

Tanto no livro quanto no filme, Harry diz a Hermione e Ron que Hagrid sempre quis um dragão, e que ele disse isso a Harry quando eles se conheceram. No livro, isso é verdade – Hagrid menciona que dizem que há dragões em Gringotes, e que ele queria um desde criança. No filme, entretanto, Hagrid nunca disse isso a Harry! Isso foi um descuido, já que uma cena deletada mostra os dois no tubo, onde Hagrid diz que quer um dragão. Obviamente, isso deveria fazer parte do filme final, mas quando foi removido, o buraco na trama que isso causa não foi resolvido!

Cultura pop em primeiro lugar!

Se você adora cultura pop não pode perder nossas super listas, fique atento ao Real Nerd e encontre as mais divertidas matérias sobre animes, games e tudo que envolve este mundo de conteúdo.

Deixe um comentário

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. AcceptRead More