Animes que retratam a depressão

1

Atualmente os animes são uma das formas de entretenimento mais consumidas no mundo. Entretanto, o que muitos não sabem é que tem muitos animes em que são mais que um mero desenho, retrata também temas profundos como o que veremos hoje: a depressão.

Como a depressão é abordada nos animes?

A resposta para essa pergunta varia conforme o anime. A maioria dos animes sobre depressão possui autores que já passaram ou ainda passam por essa doença. De forma que cada um dos animes sobre depressão representa a visão individual do seu autor sobre o problema e a forma com que ele lidou ou lida com ela, e também sobre como que ele experimentou ou experimenta esse problema.

Como os animes ajudam na depressão?

Os animes sobre depressão podem ajudar o espectador a entender mais sobre a doença, especialmente se ele próprio estiver com ela. Assim a visão de outras pessoas sobre o assunto, o expectador pode ele mesmo formular a sua própria visão e entender sobre o problema pelo qual ele está. No caso de alguém que não tem depressão, você pode entender mais sobre o problema mesmo sem ter passado por ele, ao olhar a doença através da visão do autor. 

A depender de qual é escolhido, animes sobre depressão também podem ser uma boa forma de mostrar para crianças ou adolescentes como esse problema realmente é e a sua seriedade.

3 Animes que retratam a depressão

A seguir está uma pequena lista de animes sobre depressão que retratam o tema com bastante profundidade e ao mesmo tempo clareza.

Neon Genesis Evangelion

Neon Genesis Evangelion é um dos animes sobre depressão mais conhecidos. Ele foi produzido em 1995 e a narrativa é focada em Shinji Ikari, um garoto comum de 14 anos que é órfão de mãe e possui um relacionamento distante com o pai. Devido a um problema de escala global, de maneira repentina Shinji se vê confrontado com o dever de tentar salvar o mundo da ameaça presente, entretanto, o medo e a inexperiência em lidar com esse dever o atormentam.

Personagem com depressão

Dentro de Neon Genesis Evangelion é possível ver que todos os personagens possuem seus próprios dramas e questões, entretanto, o centro da trama é Shinji Ikari. Ele é apenas um garoto de 14 anos, comum sem superpoderes, sem nada de especial, e do nada ele se vê imposto o dever de tentar salvar a humanidade. 

Muitas pessoas consideram Shinji Ikari um péssimo protagonista, entretanto, é exatamente o contrário, ele é um ótimo protagonista justamente por ser humano. Shinji nos faz pensar no que nós mesmos faríamos se confrontados com uma situação semelhante.

Cowboy Bebop

Cowboy Bebop é um anime de 1998. Ele se passa no ano de 2071, e o foco da trama é um grupo de caçadores de recompensas espaciais que habitam uma nave chamada Bebop. O anime mostra o dia a dia deles nas caçadas, buscam a sobrevivência dentro daquela realidade futurista. Embora o anime tenha como protagonista o personagem Spike Spiegel, não é apenas nele que a trama é focada, mas sim em toda a tripulação da nave, composta por Jet Black, Faye Valentine, Radical Edward e Ein, um cachorro corgi.

Personagem com depressão

Podemos dizer que com exceção de Ein, todos em Cowboy Bebop possuem problemas com o qual precisam aprender a lidar de alguma forma no decorrer dos episódios. Além da depressão, o anime aborda outros temas, como o tédio, o abandono e a solidão, e a dificuldade em lidar com o passado. Acompanhamos ao longo dos episódios os dramas de cada personagem, e por simbolismos conseguimos compreender o que se passa na cabeça deles.

Serial Experiments Lain

Serial Experiments Lain é um anime de 1998 centrado em Lain, uma garota de 14 anos e sua fixação pela Wired, uma espécie de evolução futurista da Internet. É difícil tratar desse anime de forma mais aprofundada sem dar muitos spoilers, então sugerimos que vá assisti-lo quanto antes, porque vale a pena!

Personagem com depressão

Lain é o foco da trama, e é pelos olhos dela que veremos o mundo. Ela é uma garota tímida, a princípio sem muitos amigos, e como dito, possui uma estranha fixação pela Internet. Lain é quase uma representação de uma boa fatia dos adolescentes, especialmente aqueles considerados “nerds”. O anime aborda, além da depressão, temas como identidade, comunicação e a própria ideia de realidade.

Qual benefício de ver esse gênero de anime?

Ver animes sobre depressão pode ajudar no próprio processo de catarse. Ao entender a dor do outro, nos tornamos capazes de compreender a própria dor, e assim percebemos também que não estamos sozinhos, não somos os únicos a passar pela depressão. 

No caso de quem não tem depressão, animes sobre esse assunto podem te ajudar a entender essa doença e o que se passa na cabeça de quem tem ela, o que pode lhe proporcionar mais empatia e mais tato na hora de conversar com alguém que possua esse problema. Além disso, como dissemos anteriormente, animes sobre depressão também podem ser uma boa forma de ensinar para crianças sobre esse problema.

Qual benefício de ver esse gênero de anime?
Depressão em personagens de animes.
Fonte/Reprodução: original.

A depressão é considerada por muitos o mal do século, e eles não estão errados em pensar isso. Cada vez mais pessoas sofrem de depressão, e em períodos como o atual, onde é preciso manter o isolamento e o afastamento, esse tipo de problema tende apenas a crescer. Por isso, se você estiver com esse problema, não hesite em buscar ajuda profissional de um psicólogo e/ou de um psiquiatra, e em caso de pensamentos suicidas, ligue urgentemente para o Centro de Valorização da Vida, cujo número é 188. Lembre-se, você não está sozinho.

Em uma era onde, como dito, a depressão só aumenta, os animes sobre essa doença são uma boa oportunidade de compreender melhor esse problema, e por meio da compreensão, poder ajudar aqueles ao nosso redor que sofrem com isso. Depressão não é frescura, não é falta de Deus e nem falta de ocupação, é um problema real que mais do que nunca merece atenção.

 

Mostrar comentários (1)

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More