5 Dragões Famosos da Cultura Pop

2

Fonte de inspiração para jogos, filmes, histórias em quadrinhos e livros, o ser mitológico sempre teve importante papel no entretenimento para todas as idades, de Como Treinar Seu Dragão  a Game Of Thrones. O ser fantasioso mais real nas imaginações dos tempos modernos tem personagens marcantes na cultura pop, rendendo belas tatuagens, nesse texto traremos a origem e alguns  exemplos bem sucedidos desse ser mítico tão carismático.

História do ser mitológico de sucesso

Descobertos arqueológicos relatam de forma parecida a forma desse ser, o animal voador mítico, aparece recorrentemente nas histórias de povos que nunca tiveram o mínimo contato uns com os outros, por que esse ser é tão abraçado por diversas culturas?

Apesar da aparência assustadora e única, os dragões são representados com personalidades totalmente diferente umas das outras em filmes como Shrek e séries como Game Of Thrones, a diversificação da forma de externar as características desse mito demonstram a riqueza que o Dragão oferece a narrativas, independente do tema a ser desenrolado nas histórias.

A primeira representação de um dragão na história da humanidade de acordo com arqueólogos respeitados se deu quarenta mil anos antes de Cristo,  na chamada arte rupestre.

Dessa forma,o desenvolvimento desse mito se confunde com a história de evolução do planeta Terra, já que se encontra desde as primeiras tentativas de desenvolvimento de linguagem comunicativa e está registrada nos primórdios da história.

Mostraremos a seguir dois dos mais queridos dragões da cultura pop, venha conosco!

Banguela (Como Treinar Seu Dragão)

banguela

O Dragãozinho de cor preta é diferente dos outros de aparência medonha e agressiva, com tom bastante carismático e submisso a feirinha é importantíssima no desenvolvimento de um enredo espetacular de conexão com soluço, um personagem que não quer maltratar dragões como era costume na era medieval no contexto do filme.

Eu gostaria muito de ter uma banguela em casa, para dar atenção e amor assim como dou aos meus bichinhos de estimação. É, eu sei, dragões não existem, mas o roteirista desenvolve a evolução do personagem nesse contexto de forma tão apaixonante que o sentimento de empatia com o ser mitológico é quase instantâneo.

Fica aqui a indicação, se trata de um filme bem legal para assistir e se emocionar com sua família com diálogos e situações bastante emocionantes que te farão esquecer por alguns momentos que dragões não existem.

Dragão do Shrek

dragão do shrek

A personagem em sua aparição introdutória parece ter papel de vilã, mas o plot-twist cômico do roteiro inverte o que aparentava ser sua trajetória no desenho animado. A fêmea se apaixona pelo burro falante que é o principal coadjuvante do filme.

A paixão se torna recíproca e tem um desenrolar muito engraçado onde os dois apaixonados se casam e têm filhos híbridos, burros que cospem fogo.

A personagem, assim como o banguela, desconstrói a imagem totalmente rude do dragão e expõe o lado sensível que esse ser místico pode ter em alguns roteiros.

Leia também: Decoração de Casamento Nerd

Smaug 

smaug 

Smaug, o Dourado, é o temido dragão que aparece na saga do Hobbit, escrito por JRR Tolkien. Ele é tido como o principal vilão da trama, que guarda um tesouro valioso nas muralhas do antigo reino anão. Muito provavelmente, Smaug é uma inspiração da mitologia nórdica.

Meteoro Chinês 

Se você assistiu Harry Potter, conhece esse gigantesco dragão de fogo, na cor vermelha, que aparece na primeira tarefa do torneio tribruxo. Diferente de Smaug, que provavelmente foi inspirado na mitologia nórdica. O dragão do Harry Potter foi inspirado na mitologia chinesa – e daí o nome. 

Dragão de São Jorge

dragão de são jorge

Embora não seja exatamente um dragão da cultura pop, precisamos fazer menção a um dos dragões mais famosos e populares do Brasil – e, portanto, tem seu lugar na lista. O dragão de São Jorge é um ser místico de uma famosa lenda popular inspirada em uma crença cristã. No Brasil, muitas pessoas fazem uma oração a São Jorge, pedindo por proteção. São Jorge é um dos principais santos do catolicismo, conhecido por derrotar o Dragão em uma batalha. Diz o mito também que se olharmos para a lua, podemos ver São Jorge lutando contra o dragão.

Os dragões existiram?

O mundo da ficção é farto em dragões incríveis ricos em história, como vimos acima. Mas os dragões, de fato, existiram? A resposta científica é não. Todavia, toda mitologia tem um fundamento na verdade. As lendas e histórias de dragões sempre trouxeram lições sobre valores, a vida, o valor do dinheiro, entre outras boas lições que forjaram gerações.

Tem algo a acrescentar a esse tema? Converse comigo aqui na caixa de comentários, com certeza tenho muito a aprender com você! 

Mostrar comentários (2)

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. AcceptRead More